Nos últimos anos, a preocupação com a beleza e com a saúde da boca se tornou prioridade entre os brasileiros das mais diferentes idades. Com isso, o cuidado com a integridade e aparência dos dentes se tornou mais relevante do que nunca.

Além dos tratamentos estéticos odontológicos, como o clareamento e a aplicação da lente de contato dental, os costumes do dia a dia e o zelo com as estruturas dentárias são fundamentais para a manutenção de um sorriso mais brilhante.

Como a saúde bucal afeta o bem-estar do organismo

Dentes saudáveis são sinônimos de beleza e de um organismo mais forte. Isso porque, mais do que proporcionar a harmonia bucal, a integridade dentária pode interferir nos processos mastigatórios, na qualidade da digestão e até ser responsável pelo acometimento de doenças.

Algumas bactérias orais são inimigas conhecidas da saúde bucal, pois elas são responsáveis pela formação do biofilme dental que se acumula na superfície do esmalte dentário e facilita a formação do tártaro, das cáries e das inflamações gengivais.

Uma das doenças bucais mais graves é a periodontia. Ela acontece quando a inflamação gengival se agrava e passa a atacar as estruturas dos dentes, como os ossos e os nervos de sustentação.

Como consequência, ela pode causar a perda da massa óssea, o amolecimento dos dentes e a retração gengival permanente.

Além disso, ela pode ser um dos principais motivos da perda dentária e ainda estar relacionada com o surgimento de diversas doenças sistêmicas que acometem todo o corpo, como:

  • Enfermidades cardiovasculares;
  • Problemas respiratórios;
  • Propensão ao desenvolvimento de pneumonias;
  • Patologias gastrointestinais;
  • Indução do parto prematuro;
  • Agravamento de quadros do coronavírus, entre outros.

Sendo assim, a aparição de sangramentos gengivais, inchaço e o escurecimento da região precisa de uma supervisão profissional, que pode ser facilitada com o uso de um convenio odontologico.

No entanto, não são apenas as bactérias que podem estragar a aparência e o bem-estar bucal, por isso, confira a seguir 5 aspectos que afetam a qualidade da saúde bucal.

Comportamentos prejudiciais à saúde bucal

Além dos cuidados com a escovação, muitas ações do cotidiano podem afetar a saúde e a aparência da cavidade oral. Elas podem originar um aspecto estragado e apodrecido dos dentes e ainda comprometem sua funcionalidade.

Por isso, é preciso estar atento aos hábitos que podem parecer inofensivos, mas que podem estar danificando a sua boca.

  • Utilizar técnicas erradas de escovação

A higienização é importante para a saúde, mas fazê-la com qualidade é a parte mais essencial. Nesse sentido, muitas pessoas desconhecem que podem estar escovando os dentes errado e até prejudicando a saúde bucal no processo.

Por isso, é preciso esperar de 30 minutos a uma hora após as refeições para poder escovar os dentes para evitar que ocorra um processo abrasivo nas estruturas.

A escovação não deve ser feita de forma rápida e forte, pois a pressão exagerada cria micro lesões nas gengivas e propicia a retração e a inflamação dos tecidos.

Se você tem dúvidas sobre a sua rotina de limpeza, uma consulta de rotina com o dentista – feita pelo SUS, de forma particular ou por meio de um plano odontologico – pode ajudar. 

Nessas visitas, o profissional irá avaliar a sua escovação e dar dicas de como melhorar os processos.

  • Qualidade da alimentação

O consumo excessivo de amidos e doces são prejudiciais aos dentes, pois propiciam o acúmulo bacteriano e causam cáries. 

Mas o que muitos não sabem é que a ingestão de alimentos mais duros como nozes, castanhas, pé de moleque e pipoca são danosos, inclusive, para quem não usa aparelhos.

Isso porque, além de danificar os bráquetes do tratamento ortodôntico, essas comidas são capazes de trincar e até quebrar o próprio dente.

Assim, é recomendado ter cautela durante o consumo desses alimentos e não exagerar nas porções.

  • Tratamentos cosméticos dentais

Usar os benefícios oferecidos por um plano dental coletivo empresarial é fundamental para manter a aparência dos dentes, pois esse tipo de assistência odontológica facilita o acesso aos dentistas e previne diversas situações que podem ser até perigosas para os pacientes.

Na tentativa de manter um sorriso mais harmônico, muitas pessoas optam por versões caseiras de tratamentos odontológicos e, com isso, utilizam misturas de bicarbonato de sódio para clarear os dentes, por exemplo.

Esse tipo de ingrediente não apenas remove as manchas do esmalte dentário, como dissolve a própria estrutura de proteção dental, deixando o dente poroso, sensível e suscetível às bactérias bucais.

Assim, investir em um plano dental para MEI é a forma mais segura de cuidar da beleza do sorriso sem comprometer a saúde dos dentes, promovendo um cuidado integral, visto que estética, saúde e bem-estar são conciliados.

  • Hidratação inadequada

A saliva é uma barreira natural de proteção dos dentes contra as ações bacterianas, pois ela “lava” a boca com frequência, dificultando a fixação desses microrganismos. 

No entanto, algumas condições de saúde ou o uso de alguns medicamentos podem diminuir a produção salivar.

Deste modo, os dentes passam a ficar mais desprotegidos e, neste caso, o consumo constante de água auxilia no combate às cáries e aos danos bucais. 

Além disso, a falta de hidratação pode causar problemas na fala, mastigação e até na capacidade de sentir gostos, além de desregular a mucosa – favorecendo inflamações.

  • Hábitos de morder objetos

Em momentos de estresse, o costume de morder tampas de canetas, lápis ou até roer as unhas pode ser um método utilizado por várias pessoas para lidar com o incômodo do dia a dia.

Contudo, esses hábitos que podem parecer inofensivos podem machucar as gengivas, causar trincos e quebras dentárias, além de desgastar a superfície do dente provocando sensibilidade e dores.

Neste sentido, o acompanhamento com um plano odonto empresarial pode ajudar com o tratamento desses sintomas e com a prevenção do costume, bem como com tratamentos de recuperação e controle desses quadros.

No entanto, nesse caso, um atendimento multiprofissional pode ser necessário, como o suporte de psicólogos e terapeutas. 

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.