A hérnia abdominal é caracterizada por um abaulamento de algum órgão localizado no abdômen para fora do corpo. Geralmente, a pessoa não apresenta nenhum sintoma, mas, quando o orifício da passagem dos órgãos fica mais estreito, acontece a chamada hérnia encarcerada ou estrangulada, que pode apresentar sinais como:

  • Dor;
  • Inchaço ou caroço na região da barriga, principalmente acima ou dentro do umbigo e na virilha;
  • Vermelhidão no local;
  • Náuseas e vômitos, especialmente quando há torção dos órgãos herniados.

Esta condição tem grande potencial para se tornar grave, e deve ser tratada com cirurgia o mais rápido possível — pois há risco de a circulação de sangue para os órgãos ser interrompida, gerando inflamação, perfuração, infecção e morte das células (necrose).

Cirurgia de hérnia abdominal 

O único tratamento eficiente para a hérnia abdominal é a cirurgia, porém, quando a hérnia é pequena, ou no caso de hérnia umbilical (que ocorre em bebês), ela pode regredir sozinha. 

A cirurgia é realizada em centro cirúrgico, com anestesia local ou raquidiana, e pode ser feita com a abertura do abdômen (cirurgia convencional), por videolaparoscopia ou cirurgia robótica, em um procedimento que dura cerca de uma hora. 

O objetivo do procedimento é empurrar os órgãos para dentro do abdômen. Em seguida, a incisão é fechada com sutura. Quando os músculos da barriga estão muito enfraquecidos, pode ser necessária a colocação de uma tela para reforçar a proteção e reduzir as chances de formação de uma nova hérnia.

Riscos de recidiva da hérnia abdominal

O uso das telas é uma das principais medidas para evitar os casos de recidiva, mas, independentemente da técnica de cirurgia e do material utilizado durante a cirurgia, existe o risco do retorno da hérnia abdominal. A recidiva é mais frequente quando a cirurgia é realizada pela técnica convencional, ou seja: aberta. 

Isso ocorre porque, nela, é utilizado o próprio tecido rompido para fazer uma religação, que nada mais é que uma costura entre as partes separadas. Mas como esse tecido já está desgastado e frágil, a tendência é que ele não consiga manter a segurança dos pontos. Porém, quanto menor for a hérnia, menor o risco de recidiva.

Existem alguns fatores de risco que podem contribuir para o retorno da hérnia abdominal. São eles:

  • Tabagismo;
  • Obesidade;
  • Diabetes;
  • Infecção pós-operatória;
  • Falta de nutrientes suficientes no organismo;
  • Prática de atividades físicas intensas;
  • Cirurgias realizadas em regiões contaminadas (apendicite supurada);
  • Pegar peso acima de dez quilos nos primeiros dias após a cirurgia.  

Existe ainda a possibilidade de uma hérnia recidivada surgir a partir do orifício mínimo realizado pela laparoscopia, que não foi devidamente cicatrizado.

Com o uso da tela cirúrgica, utilizada para fortalecer a parede abdominal no local da hérnia abdominal, o risco de retorno é reduzido significativamente, assim como a dor pós-operatória.

A recuperação muitas vezes demora mais do que o paciente espera. Até mesmo as cirurgias minimamente invasivas, como a laparoscopia, requerem um repouso mínimo de quinze dias para atividades com excesso de carga, para que não ocorram fadigas desnecessárias e dores.

 

Não é possível saber se a hérnia abdominal pode voltar ou em quanto tempo isso pode ocorrer. Porém, é importante seguir as recomendações de repouso do seu médico de forma adequada. Isso contribui para uma cicatrização eficaz e diminui o risco de recidiva. 

 

 

Quando a pele passa por algum procedimento cirúrgico, inicia-se um processo vagaroso de cicatrização. É ideal evitar os raios solares, pois altera as caraterísticas da cútis por causa da irradiação, atrapalhando o processo de restauração tecidual, como por exemplo, na rinoplastia, onde as ondas solares inflamam o tecido operado causando edemas e manchas permanentes.

Sol após a cirurgia plástica

Estar atento ao tratamento desde o pré-operatório, dispõe o organismo para realização do procedimento, seja a intervenção de mamoplastia ou rinoplastia, ou qualquer outra cirurgia é necessário a preparação da melhor forma possível.

Antes da cirurgia alguns cuidados são importantes para bons resultados. É necessário seguir as recomendações: evite bebidas alcoólicas, tenha uma alimentação leve, pause o uso do tabagismo, respeite o tempo de jejum, evite se expor ao sol, beba água até o horário informado e suspenda o uso de remédios, conforme orientações médicas.

De maneira geral, o paciente deve ser orientado quanto a exposição aos raios solares após a realização do procedimento, pois sol e cirurgia plástica não combinam. É importante saber que o processo de cicatrização sofre danos se o paciente não seguir as orientações necessárias. 

Recomendações para exposição ao sol 

Depois de qualquer procedimento cirúrgico, não é aconselhado tomar sol diretamente na área operada, por no mínimo 30 dias. Essa orientação não é complicada, pois as intervenções necessitam de repouso, para que a cicatrização aconteça de forma correta. Algumas recomendações para modalidades cirúrgicas: 

  • Cirurgias moderadas no rosto – como liftings ou correções de sobrancelhas, enquanto houver manchas no rosto o sol deve ser evitado. Caso seja necessário se expor, o uso de muito protetor solar é ideal para cobrir e proteger a área operada.
  • Cirurgias complexas no rosto – para intervenções mais extensas e recuperação mais vagarosa, como a rinoplastia, plásticas na testa, queixo e outras áreas. A instrução é evitar os raios solares para evitar manchas permanentes. 
  • Cirurgias nos seios – para beneficiar o bem-estar do paciente, o ideal é seguir o período recomendado de repouso para favorecer a cicatrização do local. O sol deve ser evitado na área para não comprometer a regeneração tecidual. 
  • Cirurgias em outras áreas – independente da região como braços, panturrilha e as variedades de lipoaspiração, preservar-se de ambientes com sol é adequado para obter bons resultados no processo de cicatrização.

Dicas para proteger a cicatriz dos raios solares

Muitos cuidados no pós-operatório podem ser praticados, principalmente no verão, aspirando a proteção solar do paciente, evitando danos estéticos. Conheça algumas recomendações, como o protetor solar que deve ser aplicado de três em três horas evitando desgaste na pele.

Também é ideal ingerir no mínimo dois litros de água ao dia, pois assim é possível manter a pele hidratada, influenciando na elasticidade e jovialidade, além disso, investir em hidratantes garante a regeneração da cútis. Uma alimentação correta contribui para boa recuperação e cicatrização.

Para que o procedimento e a saúde de sua cútis se mantenham saudável é ideal a proteção contra o sol, como na rinoplastia ou em qualquer outra cirurgia, pois evita-se complicações, escurecimento da pele ou manchas permanentes. Em caso de dúvidas, realize um consulta com o médico.  

 

A popularidade da harmonização facial entre famosos tem motivado a curiosidade e até mesmo a desconfiança do público em relação ao tratamento, principalmente no que se refere aos resultados e a relação com o Botox.

O Botox®, na verdade, é o nome comercial da primeira empresa a vender a substância toxina botulínica para fins estéticos no Brasil, portanto, existem outras empresas que, atualmente, disponibilizam a substância para tratamentos como a harmonização facial.

A seguir entenda melhor o que é a harmonização facial e também como a toxina botulínica é usada nesse tratamento estético.

O que é a harmonização facial? 

A harmonização facial consiste na junção de diferentes técnicas para promover uma face mais simétrica e harmônica aos pacientes. Trata-se de uma abordagem pouco invasiva, realizada no consultório dermatológico e sem necessidade de afastamento das atividades.

Para realização da harmonização facial o dermatologista conduz inicialmente um estudo da face do paciente, entendendo as insatisfações dele com o rosto e também as expectativas com o tratamento.

A avaliação especializada é fundamental, pois a harmonia da face é uma referência muito subjetiva. Por exemplo, uma insatisfação com as bochechas proeminentes pode ser causada pela falta de projeção do queixo e do nariz.

Dessa forma, o dermatologista ou cirurgião plástico são os profissionais mais qualificados para compreender as sutilezas da estética facial e determinar qual a abordagem mais satisfatória.

Essa análise inicial é relevante, pois a harmonização facial pode incluir diferentes técnicas de acordo com as necessidades do paciente, como:

  • aplicação de toxina botulínica;
  • aplicação de ácido hialurônico;
  • preenchedores faciais;
  • rinomodelação;
  • bichectomia;
  • microagulhamento;
  • peeling;
  • lifting com fios.

Com isso, a escolha de quais tratamentos vão compor a harmonização facial é tão importante quanto a condução das diferentes técnicas. 

Como a toxina botulínica é usada na harmonização facial?

Apesar da diversidade de possibilidades, a aplicação de toxina botulínica é uma abordagem que frequentemente é incluída nos tratamentos de harmonização facial.

A toxina botulínica é uma proteína extraída da bactéria Clostridium botulinum responsável pela doença botulismo, no entanto, a versão para tratamentos estéticos é purificada e manuseada em pequenas proporções. 

Quando aplicada no músculo, a toxina botulínica funciona como um bloqueador neuromuscular, impedindo a transmissão de estímulos dos neurônios para os músculos, que não respondem. Dessa forma, a substância impede os movimentos do músculo específico.

A repetição dos movimentos da face, como ao falar, comer, franzir a testa ou pressionar os olhos, é a principal responsável pelo surgimento das rugas e intensificação das linhas de expressão.

Dessa forma, a toxina botulínica age reduzindo as rugas dinâmicas, que são aquelas que se movimentam conforme as expressões faciais. Com isso, o tratamento visa, principalmente, o rejuvenescimento facial e também a prevenção do surgimento ou intensificação desses sinais.

Os resultados com a toxina botulínica, assim como de outras técnicas que compõem a harmonização facial, são temporários, durando cerca de 6 meses após a aplicação quando os neurônios criam novos caminhos de comunicação com os músculos.

A quantidade e forma de manuseio da toxina botulínica e de outras substâncias usadas na harmonização facial são determinantes para bons resultados estéticos e segurança do procedimento, de forma que é imprescindível que a técnica seja conduzida por um dermatologista.

 

É comum as pessoas acreditarem que, ao fazer um procedimento de lipoaspiração, elas conseguiram emagrecer. É preciso ficar claro que a cirurgia não tem o objetivo de perda de peso, mas sim o de melhorar o contorno corporal. Sua indicação é para pacientes que estejam dentro de um peso considerado adequado e que não conseguem se livrar daquela gordurinha localizada apenas por meio de dietas ou exercícios físicos.

Por questões de segurança, há um limite de gordura que pode ser retirado a cada lipoaspiração, sendo que esse volume varia entre 5% e 7% do peso total do paciente. O exagero pode debilitar o organismo porque, junto com a gordura, há também aspiração de sangue. 

Mas por que é preciso perder alguns quilos antes da lipoaspiração? 

Porque os resultados serão melhores. Quanto mais fora do peso a pessoa estiver, mais discreto será o resultado. Certamente, em pessoas mais magras, os efeitos da lipoaspiração são mais perceptíveis.

Quando uma pessoa que está acima do peso se submete a uma lipoaspiração no abdômen, por exemplo, corre-se o risco de um desequilíbrio entre essa região, que ficará mais afinada e modelada, e as demais áreas do corpo, como braços, bochechas e pernas. Quando o emagrecimento ocorre de maneira completa, as formas ficam mais harmoniosas e bonitas. 

A lipoaspiração também não elimina a flacidez. Por isso, este é um tipo de procedimento que deve ser realizado em pacientes que apresentem boa elasticidade na pele, pois só assim, após a retirada de gordura, a pele se retrai e se acomoda na região.

Caso o paciente deseje, é possível utilizar a gordura retirada no procedimento e enxertá-la em outras partes do corpo, como nos glúteos, para aumentar o volume ou, ainda, corrigir irregularidades em outras regiões. 

Quem tem os melhores resultados?

Apesar de poder ser feita em quase todas as pessoas, mesmo em mulheres que ainda estão amamentando, os melhores resultados são atingidos em pessoas que:

  • Estão no peso certo, mas possuem alguma gordura localizada em uma área específica;
  • Estão ligeiramente acima do peso (até 5 Kg);
  • Têm excesso de peso com IMC até 30 Kg/m² e não conseguem eliminar gordura apenas com a alimentação e plano de exercício físico.

Nos casos de pessoas que possuem um IMC superior a 30 Kg/m², existe um aumento do risco de complicações deste tipo de cirurgia e, por isso, deve-se tentar emagrecer antes de fazer a lipoaspiração.

Os resultados da lipoaspiração só aparecem cerca de três meses depois da cirurgia. No primeiro mês é até possível ter uma noção do resultado, mas o corpo ainda está muito inchado. O resultado final só será visto de três a seis meses após a operação. A cicatrização completa da cirurgia só acontece depois de dois anos.

Para garantir resultados satisfatórios e duradouros, procure não oscilar de peso após a cirurgia, adote uma dieta equilibrada, pratique exercícios físicos, beba muita água e faça massagens modeladoras.

Se depois da lipoaspiração houver ganho de peso, e este for pequeno ou moderado, não há risco de perda dos resultados. Porém, se o ganho de peso for considerável, as células de gordura restantes começam a armazenar os excessos, uma vez que as células gordurosas aspiradas não voltam.

Antes de se submeter a uma cirurgia de lipoaspiração, converse com o seu médico e esclareça todas as suas dúvidas. O cirurgião deve ser de confiança e habilitado para realizar o procedimento. 

 

 

Fibrose é o nome dado à formação de tecido conjuntivo que, em geral, faz parte do processo de cicatrização cirúrgica. Pode ser considerada como uma espécie de cicatriz interna nos locais que foram operados, seja por uma lipoaspiração ou por cirurgias plásticas de maior porte. 

A lipoaspiração é uma das cirurgias com mais chances de desenvolver fibrose. Neste tipo de procedimento ocorre um grande trauma interno nos tecidos abaixo da pele, por isso há o maior risco. Normalmente, ela é percebida quando a pele começa a apresentar áreas endurecidas e/ou quando o paciente tem a sensação de que está tudo repuxando.

Quando é pequena, é considerada pelos médicos como uma fibrose controlada. No entanto, pode surgir a chamada fibrose anormal, que causa dor e às vezes deforma a região da pele. Nesses casos, há a necessidade de o paciente seguir um tratamento de fibrose após a cirurgia plástica. 

Essas lesões começam a aparecer cerca de sete dias após o procedimento e diminuem em seis meses, mas não completamente, já que são como uma cicatriz interna. Fazendo um bom pós-operatório, elas ficam imperceptíveis aos olhos e quase imperceptíveis ao toque.

Tratamento da fibrose

A fibrose só exige tratamento quando sua dimensão e localização necessitam de atenção especial do médico. Normalmente, as fibroses diminuem de forma natural com o passar do tempo, após 60 ou 90 dias. As formas de tratamento variam de acordo com alguns fatores, como o tempo de ocorrência da cirurgia. 

Em muitos casos, o tratamento de fibrose pós cirurgia plástica é realizado com procedimentos estéticos, como drenagem linfática. Ou, conforme avaliação médica, ela pode ser tratada com medicamentos, principalmente quando há pouca capacidade de retração cutânea, ou com intervenções médicas.

Quando a fibrose causa dor ou deformidade, como em casos de abdominoplastia, o cirurgião pode fazer um procedimento para liberar as aderências da cicatriz interna, o que ajuda no resultado final.

Procedimentos estéticos podem ajudar

Quando a fibrose se formou depois de uma lipoaspiração, o tratamento pode ser realizado com drenagem linfática para retirar o líquido retido na região, que favorece a formação de cicatrizes. A drenagem pode ser iniciada no dia seguinte ao procedimento cirúrgico. Ela ajuda a reduzir lesões e melhora o processo de cicatrização, evitando ou tratando fibroses excessivas.

Outros procedimentos podem ser indicados pelo médico, como ultrassom, radiofrequência, laser e endermoterapia. A eficácia de tais tratamentos é maior quanto mais cedo for realizado o diagnóstico (em até um mês após a cirurgia). 

Como diminuir o risco de fibrose

A fibrose não é totalmente evitável, mas algumas medidas podem ajudar a diminuir a sua ocorrência:

  • A realização de uma técnica cirúrgica correta para diminuir o trauma aos tecidos é fundamental, por isto escolha um cirurgião plástico qualificado ao se decidir pelo procedimento; 
  • Sempre siga as orientações pós-operatórias do seu médico. Compareça às consultas de revisão na data e hora marcadas e, se tiver dúvidas ou perceber alterações no local operado, contate imediatamente seu médico;
  • Faça uso da cinta modeladora por um período médio de quatro semanas. A cinta comprime a área operada e auxilia na prevenção de fibrose excessiva.

A fibrose que ocorre após cirurgias plásticas tem tratamento, independentemente do tempo em que surgiu. Porém, quanto mais cedo for diagnosticada, mais fácil será solucionar o problema. Vale lembrar que qualquer tratamento deve ser orientado e acompanhado por um especialista.  

 

 

Pontos chave

  • Uma página de produto bem otimizada atrai consumidores no fundo do funil que já sabem exatamente o que desejam.
  • Faça sua pesquisa de palavras-chave! Para um SEO eficaz para páginas de produtos de comércio eletrônico, não presuma que apenas o nome do produto trará os melhores resultados.
  • Use a (s) palavra (s) -chave (s) escolhida (s) para criar “URLs falados”, tags de título, meta descrições e descrições de produtos.
  • Escreva descrições de produtos únicas e descritivas que ressoem com seu público-alvo.
  • Obtenha visual com imagens e vídeos de produtos.
  • Aprimore a usabilidade da página do produto e a experiência do cliente com análises, sugestões de produtos semelhantes, otimização móvel e opções de personalização.
  • Crie páginas sazonais quando apropriado, mas certifique-se de redirecioná-las quando não forem mais relevantes.
  • Otimize suas páginas de produtos com testes A / B.

É comum que os sites de comércio eletrônico dediquem uma grande parte de sua estratégia de SEO no local para otimizar a página inicial, como é o caso da Vocca, uma loja de calçados masculinos, as páginas de categoria e as páginas de conteúdo prioritário. Na verdade, eles costumam dedicar tantos recursos a essas páginas de alto funil que o SEO da página do produto de comércio eletrônico se torna uma reflexão tardia.

O raciocínio é que os produtos geralmente são exemplos perfeitos de palavras-chave de cauda longa em si mesmos. E é preciso menos esforço para classificá-los naturalmente para o nome de seu próprio produto.

Embora seja verdade, essa linha de pensamento cria uma oportunidade desperdiçada. Uma página de produto bem otimizada atrai tráfego direcionado com precisão, pronto para conversão e na parte inferior do funil (BoFu) . Esse tipo de tráfego, aquele em que o cliente já sabe exatamente o que deseja , vale seu peso em ouro.

No entanto, não é fácil “configurar e esquecer”. Veja como garantir que suas páginas de produtos atraiam todo o tráfego orgânico de alto valor que deveriam.

 

SEO para páginas de produtos de comércio eletrônico: o básico

É importante cobrir o básico primeiro para que você tenha uma excelente base antes de mergulhar nos componentes mais técnicos.

 

Pesquisa de palavras-chave da página do produto de comércio eletrônico

As pessoas frequentemente subestimam a dificuldade de otimização da página do produto de comércio eletrônico porque a pesquisa de palavras-chave tende a ser bastante direta. No entanto, é aqui que vale a pena fazer sua devida diligência.

Você se enganará em oportunidades de palavras-chave de menor volume se presumir que seu produto é relevante para uma, e apenas uma, consulta de pesquisa. Na verdade, escrevemos um post inteiro sobre o enorme valor das palavras-chave de cauda longa .

Não presuma que o nome do produto produzirá os melhores resultados e preencherá automaticamente suas tags de título. Em vez disso, faça uma pesquisa de palavras-chave sobre esse produto e crie uma lista de sementes com todos os nomes possíveis que seu cliente pode usar ao pesquisar o produto. Você pode se surpreender ao saber que as pessoas procuram seu produto usando muitas consultas de pesquisa distintas. Se essas palavras-chave tiverem um volume de pesquisa significativo, elas devem fazer parte de sua estratégia de otimização para aquela página.

Mesmo se você incorporar versões diferentes do nome do produto em sua estratégia de palavras-chave, provavelmente ainda terá espaço para obter consultas adicionais de cauda longa para a página do produto.

 

Exemplos de palavras-chave da página do produto

Por exemplo, um varejista internacional de móveis vende sofás de couro marrom. “Sofá de couro marrom” tem 1.800 pesquisas no Google por mês nos Estados Unidos, de acordo com o Ahrefs. Nada mal. Mas algumas pesquisas rápidas mostram que “sofá de couro marrom” recebe 3.100 pesquisas por mês. “Sofá de couro castanho” fica com 1.200.

Pense o mais especificamente que puder. Se uma pessoa não estivesse procurando pela sua marca (“Sofá de couro do artigo”), mas estivesse procurando pelo seu produto, o que ela procuraria? Pense em adjetivos, qualidades, recursos, cores, a proposta de valor do produto (“sofá de couro acessível”) ou o ponto problemático que ele aborda.

Aproveite esses termos descritivos em ferramentas de pesquisa de palavras-chave. Você pode descobrir uma oportunidade única de atingir um novo cliente na fase de “conscientização” que também está muito perto da fase de “compra”.

 

URL da página do produto de comércio eletrônico

Depois de ter suas palavras-chave alvo, sua primeira parada é o URL da página do produto. É fundamental incluir urls amigáveis ​​para SEO que sejam claras, simples e tão relevantes quanto possível.

É uma prática recomendada incluir uma palavra-chave em seu URL. No entanto, é ainda mais importante garantir que o URL diga ao consumidor exatamente o que ele deve esperar. Frequentemente, isso significa que o identificador de URL será o nome do produto. Você pode descobrir que precisa ajustar o nome do produto para torná-lo mais fácil de usar, e isso também está bom. O que não está bem? Números de produtos, jargões gerados automaticamente, URLs extremamente longos e URLs que não fazem sentido para o produto.

 

Tags de título da página do produto

Anteriormente, mencionamos que é importante não simplesmente preencher automaticamente sua tag de título com o nome do produto e seguir em frente. Isso é verdade, com uma ressalva: configurar o site para preencher automaticamente a tag com o nome do produto ou construir uma convenção de nomenclatura em uma planilha ainda é uma ótima maneira de cobrir muito território muito rapidamente. E é muito melhor do que não ter nenhuma tag (o que seria muito ruim). Portanto, para sites com muitos milhares de produtos, o preenchimento automático mantém o fluxo de movimento. Você pode ajustar cada tag a partir daí, de acordo com a prioridade.

O que torna uma tag de título incrível? Bem, uma tag de título deve ser descritiva para os motores de busca e atraente para o consumidor.

Provavelmente incluirá o nome do produto em primeiro lugar, mas você terá mais espaço para brincar com palavras-chave adicionais. No entanto, se as pessoas não estiverem pesquisando o nome completo do produto ou além de um certo nível de especificidade, você pode reservar esse imóvel prioritário para uma palavra-chave diferente.

E embora seja difícil escrever para cliques quando você tem pouco espaço, não negligencie as oportunidades de conversão. Adicione palavras-chave problemáticas à tag de título do produto. Ou use adjetivos atraentes para melhorar a taxa de cliques enquanto mantém suas metas de palavras-chave em primeiro lugar.

Por exemplo, se “Bolsa de couro italiana” estiver em sua etiqueta de título, considere alterá-la para “Bolsa de couro italiana chique”. Isso permite que você mantenha a integridade da palavra-chave e dê uma imagem mais intrigante para o cliente. Ele também faz isso sem ocupar muito espaço adicional na tag de título.

Otimizar uma loja online para mecanismos de pesquisa é uma das principais prioridades dos varejistas eletrônicos. Ao mesmo tempo, ao buscar diferentes estratégias e dicas de SEO, não devem se esquecer que as estratégias de SEO para uma loja seriam diferentes das mesmas de um site corporativo, blog ou qualquer outro tipo de site. Preparamos uma lista de estratégias de SEO para você se concentrar, a fim de melhorar sua classificação de pesquisa de e-commerce.

O que você encontrará neste artigo?

Nº 1 Ajuste suas configurações de SEO para comércio eletrônico:

Nº 2 Mostre seus produtos da melhor maneira possível:

# 3 Seja social:

 

Nº 1 AJUSTE SUAS CONFIGURAÇÕES DE SEO PARA COMÉRCIO ELETRÔNICO:

Existem muitos pequenos detalhes nos bastidores da sua loja virtual de sexyshop ou qualquer outro nicho que são importantes tanto para os robôs dos mecanismos de pesquisa quanto para os compradores reais. Confira e certifique-se de não perder nenhum:

 

URLS LEGÍVEIS

Você estaria disposto a clicar em um link semelhante a uma senha realmente altamente protegida com algumas dezenas de caracteres aleatórios? O mesmo acontece com seus clientes em potencial. Não faça com que eles se sintam inseguros (ou não interessados) em abrir o seu site: verifique os URLs das suas páginas para ver se estão legíveis e contêm palavras-chave. E não se esqueça de localizá-los, se você vende internacionalmente.

 

XML OU HTML SITEMAP

Ter um mapa do site é importante, pois fornece informações sobre as páginas do seu site para os mecanismos de pesquisa: a importância relativa entre si e com que frequência são atualizados. Além disso, é fundamental para proprietários de grandes lojas (mais de 100 itens), pois um mapa também é atualizado automaticamente sempre que os produtos são revisados ​​ou alterados. Isso significa que o proprietário de uma loja se livra do incômodo da atualização da página do manual, o que economiza tempo para outras atividades importantes de SEO e marketing.

 

TÍTULOS OTIMIZADOS E TAGS DE DESCRIÇÃO

Faça uma pesquisa adequada sobre as melhores palavras-chave e certifique-se de que suas tags de título e descrição sejam otimizadas com elas . As palavras-chave nos títulos e nas descrições ajudam os robôs dos mecanismos de pesquisa a entender melhor do que se trata a sua página, portanto, classifique-a em uma posição mais alta. A pesquisa de palavras-chave também ajuda você a ter certeza de que está promovendo exatamente o que as pessoas procuram.

 

NAVEGAÇÃO FÁCIL

Estruture seu catálogo e todo o site da forma mais clara possível. Tente manter seus produtos a apenas alguns cliques de distância na profundidade do site (de preferência 2-3 cliques da página inicial), torne suas categorias amplas e evite usar muitas subcategorias.

 

CARREGAMENTO RÁPIDO

O tempo de carregamento do site também afeta seu SEO. Em primeiro lugar, obviamente, é irritante para os compradores reais, quando as páginas da loja não carregam. Se for esse o caso, você corre o risco de obter altas taxas de rejeição. Além disso, os algoritmos do Google também verificam a velocidade do site, e um site lento pode estar causando problemas para sua classificação. Para acelerar o seu site, remova todos os plug-ins desnecessários, use arquivos CSS externos ou até mesmo considere mudar de provedor de hospedagem. Algumas configurações da loja também podem melhorar o desempenho do seu site.

 

MÓVEL PRIMEIRO

Ter sua loja mobile otimizada não é mais um “bom ter”, é um “must”, visto que 82% dos usuários de smartphone tomam a decisão de compra enquanto navegam na Internet em seus smartphones. Ajustar sua loja para oportunidades móveis significa ter um site responsivo móvel funcionando em qualquer dispositivo conectado, criando anúncios responsivos móveis e garantindo que você tenha informações e produtos visíveis e clicáveis.

 

Nº 2 MOSTRE SEUS PRODUTOS DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL:

Se você quer saber como as informações do produto em seu site podem melhorar suas classificações de SEO, verifique as ideias abaixo:

 

DESCRIÇÕES EXCLUSIVAS DE PRODUTOS

Os mecanismos de pesquisa não gostam de conteúdo duplicado, portanto, recomendamos evitar o uso de descrições de produtos absolutamente idênticas repetidas vezes. A mesma regra se aplica à cópia das descrições dos produtos do fabricante. Poucas frases originais escritas por você, em vez disso, compensariam facilmente o tempo gasto.

 

IMAGENS OTIMIZADAS PARA PESQUISA

Certifique-se de colocar tags alt nas imagens. Pode não parecer necessário, no entanto, para os bots de mecanismos de pesquisa, as imagens marcadas são um sinal importante de que todas as partes do seu site são importantes. Nesse caso, suas imagens, e consequentemente todo o site, ganham mais peso ao serem analisadas.

 

COMPARAÇÃO DE PRODUTO

Adicionar uma opção de comparação de produtos à sua loja não apenas ajudaria seus clientes a tomarem uma decisão mais fácil, mas também aumentaria suas classificações devido a muitos links internos gerados.

 

PRODUTOS NA PÁGINA INICIAL DE UMA LOJA

Sem dúvida, sua página inicial afeta enormemente a primeira impressão de seus clientes, mas isso não é tudo. É também um fator significativo para a forma como os mecanismos de pesquisa analisam seu site e fornecem uma classificação de página, portanto, use a primeira página de sua loja para destacar ofertas e negócios especiais.

 

REVISÃO DE PRODUTOS

Quem não gostaria de saber experiências e opiniões de clientes anteriores sobre seus produtos e serviços, na hora de tomar uma decisão de compra? A maioria dos clientes em potencial procura avaliações e, obviamente, as avaliações ajudam a reputação da sua marca. Mas esse não é o único benefício disso. Os mecanismos de pesquisa também gostam de ver a interação, então dê a seus clientes um lugar para discutir seu produto ou serviço e obtenha o melhor dos dois mundos.

 

# 3 SEJA SOCIAL:

Depois que o básico estiver concluído e seu site estiver perfeitamente otimizado, comece a atrair mais visitantes ao se tornar social:

 

ESTRATÉGIA DE MÍDIA SOCIAL

Comunidades em crescimento e conteúdo envolvente em suas páginas nas redes sociais proporcionam mais compartilhamento social, portanto, mais links externos, o que significa mais credibilidade dos mecanismos de busca. Mas escolha seus canais com sabedoria. Por exemplo, os visitantes de lojas online vindos do Pinterest tendem a fazer compras com mais frequência e gastar mais em comparação com os que vêm do Facebook. Ao mesmo tempo, as categorias mais populares nesta plataforma são alimentos e bebidas. Portanto, faça uma pesquisa adequada sobre quais plataformas sociais seriam mais adequadas aos seus produtos e forneceriam mais a você.

 

BLOG E POSTAGEM DE CONVIDADO

As pessoas procuram conselho, inspiração, entretenimento. Mantenha suas necessidades atendidas, envolva-se com seus clientes e desfrute do crescimento do ranking da sua página, graças aos compartilhamentos e visitantes frequentes. Crie seu blog e faça uma postagem de convidado para obter mais visibilidade e backlinks.

Existem muitos especialistas em SEO e consultorias por aí, prometendo a você um aumento nas classificações de pesquisa. Pode valer a pena entrar em contato com eles, no entanto, antes de fazer isso, recomendamos que os proprietários das lojas façam tudo o que for possível por conta própria. Muitas ferramentas de SEO gratuitas estão disponíveis na plataforma de e-commerce prontas para usar, não requerem nenhum investimento, mas podem dar resultados significativos.

Parece que quando alguém está procurando o espaço perfeito para alugar um escritório, eles têm que passar pelo céu e pelo próprio inferno apenas para perceber que o espaço não é exatamente o que eles tinham em mente. Especialmente agora, quando há tantos para escolher.

Mas, realmente tem que ser tão difícil?

A resposta é não. Você só precisa saber que tipo de espaço para aluguel de escritório você realmente precisa. No entanto, pode acontecer que, de fato, você não tenha certeza do que realmente procurar.

É por isso que o Beework Coworking Ribeirão Preto está aqui para ajudá-lo e apresentá-lo às várias opções à sua escolha. Encontraremos para você o ajuste perfeito!

 

1) Convencional

Quando você pensa em um espaço clássico para aluguel de escritório, geralmente tem em mente o tipo convencional e básico. Isso porque estava lá antes de tudo, é o tipo original, feito para todos que buscam um lugar adequado para trabalhar em paz , mas também estar ao redor de outros trabalhadores, tendo assim o sentimento de pertencer a uma comunidade.

Com a casa sendo um lugar muito arrogante para se focar totalmente na carga de trabalho, e os cafés sendo, bem, cafés, com toda a comoção e barulho, isso pode logo se tornar insuportável, especialmente quando você tem muito trabalho a fazer. Portanto, muitas pessoas buscam refúgio na primeira escolha óbvia – o tradicional espaço de escritório compartilhado .

Leia também: Como funcionam as agências de marketing digital.

Lá, eles experimentam todos os lados positivos desse tipo de espaço para aluguel de escritório – a colaboração, a atmosfera e o estímulo pelos quais todo freelancer morreria. Sem falar nos benefícios econômicos. Trabalhar lá economizaria muito dinheiro.

E o melhor de tudo – forneceria todo o café grátis que você pudesse beber.

De fato, os escritórios de coworking “tradicionais” são mais casuais do que outros mais “modernos”, mas sua principal vantagem é a inclusão – todos que desejam trabalhar podem ir trabalhar em paz. Além disso, sempre haverá uma oportunidade de conhecer alguém que não seja exatamente de sua linha de trabalho, mas com alguma perspectiva diferente, você pode precisar seguir em frente e fazer um grande avanço quando necessário. Esta é uma das opções mais populares que o Beework oferece em nosso repertório, pois tem se mostrado um grande impulso para os negócios.

E um cliente feliz é um cliente recorrente, não é?

 

2) Serviço Completo

Se você está procurando um upgrade sério para o seu negócio, este é o lugar certo para você. Não só está equipado com computadores, impressoras e todos os outros aparelhos que seu coração deseja, de última geração, mas também pode fornecer comodidades que você só poderia imaginar em seus sonhos.

Normalmente, você pode encontrar esses tipos de lugares nas partes mais exclusivas das cidades e, às vezes, eles podem ter como alvo um grupo específico de trabalhadores da vizinhança. Em cada etapa do caminho, você encontrará apenas serviços profissionais.

Espaços de aluguel de escritórios de coworking com serviço completo geralmente são administrados por equipes comunitárias profissionais, treinadas para atender a todas as necessidades de seus clientes. Eles estão lá para resolver quaisquer problemas que você possa ter, eles são até responsáveis ​​por ajudá-lo a fazer seu negócio crescer de maneira adequada, aconselhando-o adequadamente e orientando-o no caminho certo para o sucesso. Logo você começará a se perguntar como conseguiu fazer alguma coisa sem eles.

O interior deslumbrante e com design profissional é o que o atrai em primeiro lugar, mas você fica para os deliciosos lanches e café de alta qualidade. Piadas à parte, em um lugar tão exclusivo, você terá uma variedade de opções dietéticas e, o mais importante, um café de primeira classe. O Circle Hub é conhecido por sua experiência arredondada e, sim, isso inclui lanches.

A academia, a sala de descanso, a sala de massagem, a sala de boliche – como um parque de diversões sem fim. No entanto, você é, com sorte, responsável o suficiente para saber que esses tipos de amenidades são usados ​​apenas em situações em que você precisa de uma pequena pausa nas coisas em que está trabalhando.

Frequentemente, você pode descobrir que há vários andares nesses tipos de espaços para locação de escritórios e que eles são divididos de acordo com o tipo de sua assinatura. O serviço “completo” pelo qual você paga, o andar superior para o qual você está atribuído.

 

3) Privado

Esses tipos de espaços de escritórios comunitários geralmente são projetados para atender empresas que precisam de mais privacidade e que não estão dispostas a compartilhar suas ideias com toda a comunidade de coworking.

Mesmo que isso vá contra as ideias centrais em torno de qualquer tipo de espaço para aluguel de escritório em coworking, algumas empresas são inflexíveis quanto a ter seus próprios escritórios privados e personalizados.

Seja como for, negócios de coworking sendo negócios, afinal, precisavam se adaptar a muitos grupos diferentes de usuários e clientes. É assim que os escritórios de coworking privados surgiram. Ter um espaço de escritório privado só para você inclui uma porta que pode ser trancada, às vezes até mesmo um andar inteiro privado.

Esses espaços de aluguel de escritórios de cowork realmente abrangem o melhor dos dois mundos: a flexibilidade dos escritórios de coworking e a reclusão de um escritório tradicional.

Quanto aos custos? Aqueles que não querem compartilhar seu espaço de trabalho ou suas ideias, por falar nisso, precisam estar dispostos a pagar um pouco mais. Não se preocupe, uma cozinha privada só para você irá afastar todas as suas preocupações.

 

4) Profissional

Embora os escritórios de coworking estejam presentes há muito tempo na comunidade empresarial e tenham se tornado uma espécie de símbolo de inovação e pensamento progressivo, parece que nem todos os clientes e clientes em potencial veem as coisas dessa forma.

Por este motivo, têm vindo a construir-se escritórios de coworking mais “corporativos” que vão ao encontro das necessidades de empresas que exigem um “olhar mais sério”. Ou seja, para alguns clientes, é de extrema importância aparecer na frente de seus clientes como alguém confiável e estável o suficiente para aceitá-los.

Assim que você entrar, será recebido por uma equipe simpática que irá orientá-lo ainda mais. Tudo grita corporativo, às vezes até os móveis também.

No entanto, não se deve desconsiderar a necessidade humana de descanso e descanso durante o dia. É por isso que muitos desses tipos de espaços de aluguel de escritórios de coworking ainda vêm equipados com sofás e espaços pessoais privados. Isso dá às pessoas um lugar para ir quando precisam de tempo para relaxar. Claro, sempre há tanto chá e café quanto você pode desejar, sem mencionar outras bebidas e lanches.

Muitas grandes empresas sublocam uma parte de seu prédio para esse tipo de empresa de coworking. Eles veem isso como uma oportunidade perfeita para encontrar uma estrela em ascensão, um freelancer talentoso que estaria disposto a trabalhar para eles. Portanto, não é nenhuma surpresa se você encontrar uma grande empresa multinacional alugando um andar de seus escritórios especificamente para empresas de coworking, o que lhes trará novos funcionários em potencial.

Ao reunir startups , freelancers e empreendedores, eles podem se beneficiar significativamente do fluxo de novas ideias criativas e perspectivas completamente novas. Portanto, se você está procurando um emprego estável em potencial em uma grande empresa, espaços para aluguel de escritórios em tais locais seriam a escolha perfeita para você.

 

5) Escritórios de coworking para nômades digitais

Existe algo mais inspirador do que trabalhar no interior remoto, desfrutando da paz e do sossego?

Para muitos membros da comunidade freelancer, a resposta é, definitivamente – não.

Com o surgimento da cultura nômade digital, houve uma mudança de escritórios de coworking que oferecem suas instalações no centro da cidade para encontrar santuários perfeitos para seus membros nas partes mais remotas e exóticas do país e do mundo.

Esses tipos específicos de espaços de escritórios compartilhados são o resultado do desejo das pessoas de fugir da agitação da cidade e encontrar a paz de que precisam desesperadamente nas áreas rurais, ou seja, no campo. Muitas pessoas não estão preparadas para suportar o trânsito incessante, comoção e tudo o mais que o trabalho em uma cidade grande acarreta. A cada dia que passa, mais e mais pessoas procuram esses tipos de refúgio.

Alguns escritórios de coworking nômades oferecem diferentes tipos de atividades adicionais, como diferentes passeios, caminhadas , e muitas outras coisas que são destinadas a colocar sua mente à vontade e ajudá-lo a encontrar a inspiração que você precisa para terminar a carga de trabalho.

Imagine poder trabalhar em um destino remoto e exótico. Passar um tempo conhecendo a cultura local e seu mundo de negócios. Pode ser muito atraente.

Uma coisa que pode ser um problema ao trabalhar em um local tão distante é a conexão wi-fi. Ele pode ser bastante instável, às vezes. No entanto, sempre há cafeterias e restaurantes locais onde você pode encontrar ajuda imediata, verificar seu e-mail e outras coisas relacionadas à Internet.

 

6) Específico da indústria

A evolução não espera por ninguém. Portanto, se você não é capaz de mudar e seguir o fluxo, geralmente está do lado perdedor. Isso é especialmente verdadeiro quando se trata do mundo dos negócios.

O mundo do coworking sofreu muitas mudanças e percorreu um longo caminho. Desde a simples ideia de algumas pessoas com ideias semelhantes compartilhando um espaço de trabalho até uma enorme comunidade que une pessoas em todo o mundo.

O recente desenvolvimento de espaços compartilhados foi no sentido de criar ambientes especiais destinados apenas a determinados tipos de trabalhadores. Nomeadamente, tem havido um aumento nos escritórios de coworking específicos para nichos, que atendem às demandas de uma única indústria.

Isso não apenas provou ser uma boa ideia, mas também se revelou muito produtiva. Se bem implementado, esse tipo de espaço de escritório comum pode acabar fazendo com que muitos membros fiquem na fila para se tornarem membros.

O desenvolvimento de tais lugares seguiu em muitas direções diferentes . Hoje você tem, por exemplo, escritórios de coworking com foco feminino, escritórios de coworking para famílias, escritórios de coworking para advogados, cozinheiras e muitos outros.

A vantagem desses espaços de aluguel de escritórios é que você pode encontrar tudo o que precisa para sua linha de trabalho em um só lugar. Seu mantra é fornecer a seus membros tudo para que façam bem o seu trabalho.

Isso significa que os escritórios de coworking para os artistas terão um estúdio, os dançarinos terão uma academia, os pais terão playgrounds para seus filhos, os cozinheiros terão cozinhas bem equipadas.

Se você está procurando um local que precisa marcar cada uma das caixas de sua lista de recursos, não procure mais. Encontre o seu santuário e comece a fazer o que você ama o mais rápido possível.

 

7) Mínimo

Esses tipos de escritórios de coworking são projetados para aqueles que precisam de um espaço para trabalhar, mas também precisam cortar seus custos. Eles se assemelham aos escritórios tradicionais, só que com menos móveis. O preço acessível é a principal vantagem desses lugares, então você não pode esperar comodidades ou serviços de luxo.

Lá você terá sua mesa de trabalho, uma conexão WiFi estável e você estará pronto para começar. Você pode pegar uma xícara de café grátis e pronto.

No entanto, esses lugares têm suas vantagens . Se você está em busca de um espaço tranquilo e casual onde possa se concentrar adequadamente no trabalho, então este é o seu caminho. Nem é preciso dizer que, nesses tipos de espaços, ter um bom Community Manager é de extrema importância.

Há também uma vibração de inclusão, então certifique-se de que será muito bem-vindo neste tipo de lugar e eles logo o aceitarão como uma parte vital de sua família.

 

8) Escritórios Virtuais

Para alguns de vocês, especialmente agora na pandemia, trabalhar em uma sala cheia de pessoas está fora de questão. Felizmente, existe uma solução. Se você precisa de gerenciamento de escritório e uso ocasional da sala de conferência, procure um espaço para aluguel de escritório que fornecerá serviços de escritório virtual, que você encontrará aqui no Circle Hub.

Este tipo de mercadoria oferece todas as vantagens de ter um escritório, como um endereço físico, alguém que irá cuidar da sua correspondência e correio, atender e cumprimentar clientes, etc., sem ter de pagar o preço total de ter um.

Vamos enfrentá-lo, mesmo as equipes de marketing mais experientes às vezes não têm largura de banda para assumir o marketing digital, que é uma estratégia em si. As agências de marketing digital ajudam as empresas criando estratégias on-line abrangentes e otimizando sua presença digital por meio de pesquisa paga, publicidade gráfica, SEO, criação de conteúdo e gestão de mídia social.

Existem muitos motivos para considerar a contratação de uma agência de marketing digital. Algumas organizações precisam terceirizar completamente seu marketing digital, enquanto outras podem estar apenas procurando aumentar sua equipe interna. Não importa qual seja o motivo, o cenário digital está em um estado de fluxo tão constante que você precisará fazer parceria com uma agência que o manterá à frente da curva.

Algumas áreas que se movem rapidamente nas quais você pode precisar de orientação especializada incluem:

  • Mídia social : as plataformas sociais atualizam continuamente os algoritmos de feed, adicionando (e retirando) recursos de publicidade, reformatando exibições etc.
  • Marketing de conteúdo: as práticas recomendadas estão em constante evolução à medida que os usuários se adaptam a novos dispositivos e recursos e atualizam suas expectativas de acordo.
  • Mecanismos de busca : eles são os mais notórios por mudarem consistentemente as regras do jogo , tornando a otimização um alvo em constante movimento. (Estou olhando para você, Google.)

Em sua essência, o marketing digital é uma série de tarefas de tentativa e erro. A vantagem de contratar uma agência de marketing digital é que ela já descobriu o básico, bem como estratégias de marketing avançadas que podem levar anos para descobrir sozinho. As agências de marketing digital estão focadas exclusivamente no mercado digital em ritmo acelerado e estão equipadas para se manterem atualizadas sobre as estratégias e táticas mais recentes enquanto você administra o resto de seus negócios.

Se você está pensando em contratar uma agência de marketing digital, aqui estão algumas coisas que você deve procurar antes de mergulhar e algumas perguntas que você definitivamente precisa fazer:

 

3 bandeiras vermelhas da agência de marketing digital

Sua busca pela agência certa será mais fácil se você puder descartar aquelas que provavelmente não serão uma boa opção logo de cara. Existem exceções para todas as regras, é claro, mas aqui estão alguns sinais de alerta graves a serem observados:

Sem histórico:  todo mundo precisa começar de algum lugar – como empresário, você sabe disso mais do que a maioria. Ainda assim, é importante saber que a agência se provou com campanhas bem-sucedidas para minimizar o risco de erros e chamadas de mau julgamento. Sua marca não precisa ser a cobaia.

Sites desagradáveis ​​e pouca atividade nas redes sociais:  encanadores com sites feios não tem problema. Agências de marketing digital? Não. Se eles não conseguem impressionar você no que diz respeito ao marketing digital deles, como eles se sairão melhor com o seu?

Comunicação deficiente:  você precisa de uma agência que se comunique bem e que inclua comunicação com você. Qualquer agência que você esteja considerando deve responder aos seus e-mails e telefonemas em tempo hábil, fornecer diretrizes claras para o projeto e ter uma estrutura padrão para reuniões regulares com os clientes.

 

9 perguntas a fazer a uma agência de marketing digital

Durante o processo de seleção, você precisará entrevistar agências em potencial. Isso pode ser feito pessoalmente, por telefone, Skype ou e-mail, mas deve ser feito. Facilite para você fazendo uma lista das principais perguntas a serem feitas:

Quais KPIs eles medem? Medir KPIs é vital para campanhas de marketing digital bem-sucedidas. Certifique-se de que a agência candidata tenha um sistema comprovado para medir um conjunto flexível de KPIs. Mais importante ainda, veja se eles perguntam qual é o seu objetivo de marketing. Uma boa agência aprenderá seus objetivos de negócios e ajudará você a atingir seus KPIs.

Eles têm experiência? Há quanto tempo eles estão no mercado? Qual é a formação educacional e / ou profissional das pessoas que trabalharão com você? Estude a página “Sobre” da agência e faça perguntas se o conteúdo dela não lhe garantir. Conecte-se com seu representante de vendas no LinkedIn e peça para ver estudos de caso que provam suas habilidades.

Como eles lidam com os relatórios? Com que frequência eles relatam seu progresso (mensal, trimestral, etc.)? Como são esses relatórios? Eles podem fornecer amostras? Quão personalizáveis ​​são esses relatórios? Você quer uma agência que possa relatar o progresso com a frequência que você quiser. Os relatórios que eles fornecem devem rastrear o progresso de seus KPIs exclusivos e fornecer insights acionáveis ​​com base nos dados.

Qual ROI você pode esperar? Qual é o retorno esperado do investimento (ROI) e qual é o cronograma em que você pode esperar um retorno? Peça projeções com base em seus objetivos de negócios, etc., mas também peça para ver estudos de caso (novamente). As previsões são boas, a prova é melhor.

Eles têm uma carteira de clientes e histórias de sucesso? Eles podem mostrar campanhas anteriores que tiveram sucesso? Eles têm feedback do cliente? Eles estão dispostos a fornecer nomes e números de telefone para referências?

Eles terceirizam? Eles terceirizam o trabalho ou fazem tudo internamente? Se terceirizarem, eles têm uma equipe forte e confiável de empreiteiros? Se uma agência mantém todo o seu trabalho internamente, ela definitivamente examinou as pessoas que contratou. Mas isso não significa que as agências que terceirizam necessariamente fornecem trabalho inferior; apenas certifique-se de trabalhar com uma equipe consistente de freelancers e contratados que tiveram sucesso no passado.

Qual é a especialização deles? Em que áreas de marketing digital eles se especializam? Algumas agências se concentram em SEO, enquanto outras se especializam em PPC, marketing de mídia social ou conteúdo. Eles estão focados nessas áreas? Pode ser tentador contratar uma agência para fazer todo o marketing digital, mas você pode ver melhores resultados trabalhando com dois ou três especialistas que podem colaborar.

Como eles lidam com as reuniões? Como eles preferem conduzir reuniões com clientes? Com que frequência, quem geralmente comparece e por quê? Quão flexível é sua programação?

Quais são os termos contratuais? Qual é a duração do contrato? H ow funciona o pagamento? O que eles vão entregar para você? Quais são as opções de renovação e / ou cancelamento?

Entreviste quantas agências de marketing digital você puder. Observe a “personalidade” de cada agência e como ela se alinha com a marca da sua empresa.

 

Encontre a Agência de Marketing Digital Certa

O marketing digital não é fácil. É multifacetado, em constante evolução e complexo. À medida que o marketing digital se torna cada vez mais vital para o crescimento e o sucesso de uma empresa, a necessidade de pessoas com experiência comprovada e atualizada se torna cada vez mais necessária.

Ao começar sua busca, vá com os olhos abertos, tendo em mente suas necessidades específicas. Depois de estabelecer que a agência é compatível com sua marca e ter o histórico e a satisfação do cliente que você está procurando, você está no caminho certo para construir um dos relacionamentos mais importantes que sua empresa pode ter.