A boca é uma parte muito expressiva do nosso rosto, afetando a nossa percepção da beleza e todas as nossas interações sociais. Por isso, o aparecimento de uma única mancha nos dentes se tornou um motivo de preocupação para tantos brasileiros.

No entanto, a boa notícia é que atualmente não faltam recursos para realizar a recuperação do aspecto original do sorriso e a conquista de dentes sempre branquinhos e brilhantes.

Mas, antes de conhecer os tratamentos disponíveis, é muito importante entendermos o que faz os dentes escurecerem.

O que faz os dentes ficarem amarelados?

O escurecimento dos dentes é um padrão natural, que acontece durante o envelhecimento das pessoas. 

Entretanto, em algumas circunstâncias, o desenvolvimento de manchas ou o escurecimento dental precoce acontecem em decorrência de fatores externos e maus hábitos.

Isso porque, a negligência com a higienização – principalmente em pacientes que utilizam o aparelho de dente – favorece a formação da placa bacteriana e do tártaro, o que aumenta a pigmentação do esmalte e causa o surgimento de manchas.

Outro motivo bastante comum é o consumo excessivo de alimentos ricos em corantes naturais ou artificiais, como o café, chocolate, cenoura, vinho tinto, chás e etc. 

Essas tinturas, quando consumidas em grande quantidade e frequência, podem acabar sendo transferidas para os dentes.

Além disso, o tabagismo e o etilismo também são dois fatores contribuintes para o aparecimento de pigmentos que alteram a beleza do sorriso, a coloração dos dentes e até a integridade do aparelho transparente.

Ademais, o uso de medicamento a base de tetraciclina ou cloridrato de tetraciclina, a ingestão excessiva de flúor, a descalcificação dos dentes e os traumas na região bucal também podem acabar resultando em diferenciações na tonalidade das estruturas bucais.

Como é possível realizar a remoção dessas manchas?

O avanço no mercado da odontologia tem permitido uma evolução bastante rápida nos procedimentos disponíveis para a realização de intervenções que atuam tanto na manutenção da saúde, como na recuperação da estética do sorriso.

No caso do escurecimento dos dentes não é diferente. Hoje em dia existem inúmeros tratamentos que permitem a reversão de vários problemas que alteram a cor dos dentes, deixando-os com os aspectos originais. Entre as intervenções mais recorridas, temos:

  • Clareamento dental

O clareamento dental profissional é um dos tratamentos cosméticos mais procurados nos consultórios de todo o país. Afinal, além de permitir uma melhora instantânea da aparência do sorriso, é um procedimento bastante acessível para todos os pacientes.

Essa intervenção cosmética funciona por meio da aplicação de um gel de peróxido de hidrogênio ou carbamida que, com o auxílio de uma moldeira confeccionada sob medida, é colocado sobre toda a arcada.

Assim, o gel químico desfaz as moléculas de pigmento sem prejudicar a estrutura dos dentes ou o esmalte protetor. Atualmente existem diversas variações de como o procedimento pode ser feito, como o:

  • Caseiro;
  • Em consultório;
  • Á laser;
  • Interno;
  • Com luz ultravioleta.

Sendo que as metodologias que envolvem o uso de luzes, costumam ser mais rápidas e os efeitos podem ser sentidos imediatamente. No entanto, o clareamento dental quanto custa também se altera de acordo com o mecanismo escolhido.

  • Microabrasão

Também conhecido como peeling dental, a microabrasão faz a remoção das camadas mais superficiais dos dentes, que comportam as células de pigmento. Isso permite uma recuperação rápida do estado original do sorriso e a remoção completa das manchas.

Como esse tratamento é realizado por meio de procedimentos mecânicos, para que não haja nenhum dano à integridade do dente ou o surgimento da sensibilidade dental, a quantidade de tecido dentário removido é extremamente superficial.

Por isso, quando o escurecimento se dá nas camadas mais internas do dente, é recomendado que os pacientes optem por outros métodos de clareamento, como a lente de contato ou a restauração de resina.

  • Lente de contato dental

Ao contrário das demais opções disponíveis no mercado odontológico, a aplicação da faceta nos dentes é a única capaz de corrigir não somente a tonalidade das estruturas, mas também a cor de todo o sorriso.

Isso porque, como a lente de contato dental é composta por lâminas ultrafinas de porcelana, que são cimentadas ao redor dos dentes originais, o dentista pode confeccionar esse material de forma a deixá-lo mais branco e de acordo com as expectativas do paciente.

Essa é também uma solução viável inclusive para as pessoas que tiveram a beleza do sorriso interferida pelo uso de medicamentos antibióticos.

  • Aplicação de resinas

A aplicação de resina na superfície do dente é uma prática bastante comum na restauração e no tratamento de combate à cárie. No entanto, esse material também pode ser utilizado para corrigir as manchas causadas por um trauma no esmalte ou por uma obturação dental.

Neste caso, o processo de correção se assemelha ao das lentes de contato. Ou seja, é feita uma modelagem externa que posteriormente será fixada ao redor dos dentes, mas aqui, a modelagem é toda feita de forma manual e em resina. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.