Está com vontade de comer carne suína, mas não sabe bem como escolher a melhor? Confira abaixo os principais tipos de cortes suínos e dicas de como preparar um delicioso churrasco e refeições saudáveis para o dia a dia!

A carne de porco é a mais consumida no mundo inteiro, com cerca de 40% do consumo per capita mundial, segundo levantamento feito pelo National Pork Board, programa patrocinado pelo Serviço de Marketing Agrícola do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos.

Não é à toa, já que são cortes macios, saborosos, suculentos e nutritivos. Além disso, são versáteis, sendo excelentes para grelhar, cozinhar ou assar. Mas você sabe quais são os principais cortes de carne suína?

Tipos de cortes suínos 

Aliando sabor, maciez, praticidade e qualidade, a carne suína possui uma grande variedade que vale a pena experimentar. Sejam cortes suínos para churrasco ou para o dia a dia, conheça os principais tipos abaixo!

1. Panceta 

O corte da panceta suína tem origem italiana, corresponde a uma porção obtida da barriga do porco (de onde também conseguimos o icônico bacon). A panceta é um corte seco, curado com sal, pimenta e outras especiarias, mas não é defumado como o bacon. 

A panceta suína é ideal para ser preparada tanto como prato principal quanto como um acompanhamento ou entrada perfeita para churrascos aos finais de semana.

2. Porchetta

A porchetta suína também é um corte suíno nobre e “carnudo” da barriga do porco. Como diferencial, a carne possui uma amarração artesanal feita após ser desossada. Ela é enrolada em sua própria pele, na forma de uma manta que deixa a peça com uma aparência de rocambole. 

Trata-se de um corte suíno muito crocante por fora (ideal para pururuca) e suculento por dentro. Ou seja, é um corte suíno especial para quem deseja uma verdadeira experiência gastronômica em seu churrasco.

3. Costela

O popular corte de costela suína conta com a parte mais nobre, suculenta e “carnuda” da costela. Quando acompanha a pele, fica ainda melhor por também permitir o preparo de uma pururuca. É um tipo de corte suíno que provém da porção da lombar do porco, próximo de onde começa o peito e até a sua região traseira.. 

A costela suína é indicada para qualquer tipo de churrasqueira e, como não poderíamos deixar de mencionar, fica perfeita no preparo de uma saborosa costelinha ao molho barbecue.

4. Bisteca

Não há dúvidas de que a bisteca é um dos cortes suínos mais tradicionais, combinando com inúmeras receitas para o dia a dia. A peça é retirada do lombo central do porco, uma região muito macia e suculenta. A bisteca pode ser preparada tanto na grelha, quanto na frigideira ou no forno mesmo. 

5. Filé Mignon

Assim como o corte bovino, o filé mignon suíno também não deixa a desejar em questão de maciez e sabor. Extraído do lombo do porco, é um corte suíno nobre, com baixo teor de gordura e, ao mesmo tempo, de excelente custo-benefício para preparo de medalhões ou bifes.

6. Pernil

O pernil suíno é a perna do animal, excelente para servir em forma de bifes e um maravilhoso corte suíno assado. Já é uma carne bem famosa em churrascos, inclusive por incluir outros cortes, como coxão duro, patinho, ossobuco, maminha, picanha e a alcatra suína.

7. Lombo

O lombo, também chamado de lombinho de acordo com o corte da peça, pode ser considerado uma carne nobre também, mas é preciso se atentar para os diferentes tipos de cortes suínos de lombo.

8. Copa Lombo

O copa lombo também é conhecido como sobrepaleta e provém de uma região diferente do lombo tradicional. É um corte especial, com bastante gordura entremeada à carne (marmoreio), o que oferece maciez e sabor deliciosos para preparar na grelha, na churrasqueira ou mesmo na panela.

9. Picanha

Enquanto a versão bovina já é tradição nos churrascos brasileiro, a picanha suína vem ganhando cada vez mais espaço de quem deseja inovar. Sua suculência e sabor diferenciado garantem uma experiência à altura de um churrasco especial. 

E assim como outros temperos para cortes suínos, a versatilidade da picanha permite uma combinação de dar água na boca. Além disso, não precisa se intimidar em seu preparo, já que também pode ser feita no forno!

10. Alcatra

A alcatra suína é uma das preferências de grande parte da população brasileira para refeições simples durante a semana, em especial por ser uma carne magra. Seja cortada em bifes, cubos ou tirinhas, o segredo do preparo da alcatra é não deixar passar demais do ponto, evitando perder sua umidade e suculência.

11. Maminha

A maminha é um corte suíno que provém do pernil do animal e é mais uma opção para ser preparada na churrasqueira ou em bifes na frigideira. É um corte excelente para refeições no dia a dia, combinando com acompanhamentos para pratos mais leves.

12. Fraldinha

A fraldinha suína é um corte naturalmente suculento e que merece atenção nesta lista. Embora ainda não tenha caído nas graças do paladar brasileiro, é uma excelente alternativa para churrascos, mas também merece destaque no preparo de um corte suíno assado delicioso, ainda mais quando recheado.

13. Coxão mole e coxão duro

Tanto o coxão mole quanto o coxão duro são peças provenientes do lombo suíno. A sua principal característica é a textura das carnes, que as fazem ser cortes suínos tão nobres quanto a alcatra.

Assim como outros cortes, o coxão mole e o coxão duro são versáteis e oferecem diversos modos de preparo para as refeições no dia a dia dos brasileiros. No caso do coxão duro, seu grande diferencial é que, apesar do nome, continua sendo um corte tenro, assim como a maioria dos tipos de carnes suínas. 

14. Pé

O corte de pé suíno costuma ser consumido em feijoadas por aqui, mas as alternativas de preparo podem ir muito além. Na gastronomia europeia é uma carne muito utilizada em preparos mais sofisticados. Na Itália, por exemplo, é comum servir o corte recheado.

15. Suã

Suã é uma peça que se encontra entre a costela e o lombo suíno. O corte possui um sabor intenso e bastante agradável, não é por menos que faz sucesso em pratos típicos de Minas Gerais, Goiás e algumas cidades no interior de São Paulo. 

16. Ossobuco

Retirado do pernil suíno, o ossobuco é um corte macio e com sabor surpreendente ao ser assado ou cozido. Assim como na versão bovina, ainda é uma carne com muito potencial a ser explorado na gastronomia brasileira.

17. Paleta

A paleta suína equivale à porção dianteira do pernil. Embora possa ser encontrada desossada, o corte suíno deve ser servido com o próprio osso para preservar sua principal característica: o seu inigualável sabor. O preparo versátil na brasa, no forno ou frigideira o faz ser perfeito para as refeições do dia a dia.

18. Rabo

Também não poderíamos deixar o rabo suíno de fora desta lista de cortes de porco. Ele também faz parte dos ingredientes da clássica feijoada brasileira.

19. Joelho

Mesmo sendo uma carne saborosa e muito utilizada em receitas de cortes suínos na Alemanha, o joelho de porco ainda precisa ser “descoberto” pelos paladares brasileiros.

Sua forma de preparo talvez seja uma dificuldade na valorização do corte, pois para ficar bem saboroso precisa ser cozido em água e depois finalizado no forno para dourar. Outra opção é consumi-lo defumado.

20. Orelha

A orelha de porco é outro corte que costuma ser ingrediente das clássicas feijoadas brasileiras. No entanto, também pode ser preparado cozido ou frito (fica super crocante!).

21. T-Bone

Assim como o t-bone bovino, a sua versão suína contém uma porção de filé mignon e contrafilé no mesmo corte, separados por um osso em formato de T. Ou seja, é uma combinação que garante maciez e sabor marcante. O t-bone suíno pode ser preparado em churrascos, grelhados ou no forno.

22. Ribeye

O corte suíno ribeye é a porção mais macia extraída da costela do animal. A carne fica excelente quando preparada na frigideira ou na grelha, independente do tempero para cortes suínos que utilizar.

23. Carré

Para finalizar a lista, incluímos também o carré suíno, proveniente do lombo e do suã. É um corte que brilha na churrasqueira, forno ou panela de pressão graças a seu sabor particular. Quando preparado no forno, a sugestão é usar papel celofane para preservar sua incrível suculência.

Como fazer corte suíno para churrasco?

 Agora que você conhece os principais tipos de cortes suínos, que tal aprender como preparar uma opção deliciosa em sua churrasqueira?

Por isso, escolhemos a costela suína para o preparo da icônica costelinha ao molho barbecue. Confira abaixo a receita com este delicioso corte suíno!

Ingredientes

  • 1 peça de costela suína;
  • Molho barbecue;
  • Sal e pimenta a gosto;
  • Alho em pó a gosto (opcional).

Modo de Preparo

  1. Comece temperando a costela suína com sal e pimenta a gosto (o alho em pó ou outros temperos são opcionais);
  2. Em seguida, pincele a carne com o molho barbecue caseiro (somente a carne, não pincele os ossos);
  3. Agora leve a costelinha para uma bandeja e a enrole com cuidado em papel celofane, que irá manter o calor e a umidade do corte suíno;
  4. Coloque a costelinha na churrasqueira em fogo médio, a 70-90 cm de distância e com os ossos virados para baixo;
  5. Tenha paciência no preparo, pois o corte deve permanecer na grelha durante 3 a 4 horas;
  6. Após este tempo, retire o corte suíno da churrasqueira para pincelar um pouco mais de molho barbecue;
  7. Volte a costelinha para grelha por mais uns 10 minutos para dourá-la;
  8. Por fim, a sua costelinha suína com molho barbecue deve estar suculenta e pronta para consumo.

Receitas com cortes suínos

Para não te deixar na mão, também separamos algumas outras sugestões e dicas de receitas com cortes suínos que você pode aproveitar para se inspirar no preparo de sua próxima refeição ou churrasco.

  • Lombo suíno na cerveja;
  • Bife a rolê com coxão mole;
  • Hambúrguer suíno de costela;
  • Espetinhos de paleta;
  • Carré francês recheado com azeitonas;
  • Pancetta com salada de batata.

O tempero de cortes suínos podem ser tanto tradicionais quanto mais elaborados, como combinações de ingredientes que oferecem sabores cítricos ou agridoces, de acordo com a sua preferência.

Já em relação aos acompanhamentos, não há segredo para ótimas combinações.. Os principais tipos de cortes suínos harmonizam muito bem com legumes, farofas, risotos e massas, por exemplo.

Onde comprar cortes suínos em SP?

Você pode comprar cortes suínos online no Empório 481. Garanta a qualidade de suas carnes suínas e peça sem sair de casa para recebê-las por delivery com entrega no mesmo dia para a Grande São Paulo ou sob agendamento, de acordo com sua preferência.