Quando a pele passa por algum procedimento cirúrgico, inicia-se um processo vagaroso de cicatrização. É ideal evitar os raios solares, pois altera as caraterísticas da cútis por causa da irradiação, atrapalhando o processo de restauração tecidual, como por exemplo, na rinoplastia, onde as ondas solares inflamam o tecido operado causando edemas e manchas permanentes.

Sol após a cirurgia plástica

Estar atento ao tratamento desde o pré-operatório, dispõe o organismo para realização do procedimento, seja a intervenção de mamoplastia ou rinoplastia, ou qualquer outra cirurgia é necessário a preparação da melhor forma possível.

Antes da cirurgia alguns cuidados são importantes para bons resultados. É necessário seguir as recomendações: evite bebidas alcoólicas, tenha uma alimentação leve, pause o uso do tabagismo, respeite o tempo de jejum, evite se expor ao sol, beba água até o horário informado e suspenda o uso de remédios, conforme orientações médicas.

De maneira geral, o paciente deve ser orientado quanto a exposição aos raios solares após a realização do procedimento, pois sol e cirurgia plástica não combinam. É importante saber que o processo de cicatrização sofre danos se o paciente não seguir as orientações necessárias. 

Recomendações para exposição ao sol 

Depois de qualquer procedimento cirúrgico, não é aconselhado tomar sol diretamente na área operada, por no mínimo 30 dias. Essa orientação não é complicada, pois as intervenções necessitam de repouso, para que a cicatrização aconteça de forma correta. Algumas recomendações para modalidades cirúrgicas: 

  • Cirurgias moderadas no rosto – como liftings ou correções de sobrancelhas, enquanto houver manchas no rosto o sol deve ser evitado. Caso seja necessário se expor, o uso de muito protetor solar é ideal para cobrir e proteger a área operada.
  • Cirurgias complexas no rosto – para intervenções mais extensas e recuperação mais vagarosa, como a rinoplastia, plásticas na testa, queixo e outras áreas. A instrução é evitar os raios solares para evitar manchas permanentes. 
  • Cirurgias nos seios – para beneficiar o bem-estar do paciente, o ideal é seguir o período recomendado de repouso para favorecer a cicatrização do local. O sol deve ser evitado na área para não comprometer a regeneração tecidual. 
  • Cirurgias em outras áreas – independente da região como braços, panturrilha e as variedades de lipoaspiração, preservar-se de ambientes com sol é adequado para obter bons resultados no processo de cicatrização.

Dicas para proteger a cicatriz dos raios solares

Muitos cuidados no pós-operatório podem ser praticados, principalmente no verão, aspirando a proteção solar do paciente, evitando danos estéticos. Conheça algumas recomendações, como o protetor solar que deve ser aplicado de três em três horas evitando desgaste na pele.

Também é ideal ingerir no mínimo dois litros de água ao dia, pois assim é possível manter a pele hidratada, influenciando na elasticidade e jovialidade, além disso, investir em hidratantes garante a regeneração da cútis. Uma alimentação correta contribui para boa recuperação e cicatrização.

Para que o procedimento e a saúde de sua cútis se mantenham saudável é ideal a proteção contra o sol, como na rinoplastia ou em qualquer outra cirurgia, pois evita-se complicações, escurecimento da pele ou manchas permanentes. Em caso de dúvidas, realize um consulta com o médico.