Otimizar uma loja online para mecanismos de pesquisa é uma das principais prioridades dos varejistas eletrônicos. Ao mesmo tempo, ao buscar diferentes estratégias e dicas de SEO, não devem se esquecer que as estratégias de SEO para uma loja seriam diferentes das mesmas de um site corporativo, blog ou qualquer outro tipo de site. Preparamos uma lista de estratégias de SEO para você se concentrar, a fim de melhorar sua classificação de pesquisa de e-commerce.

O que você encontrará neste artigo?

Nº 1 Ajuste suas configurações de SEO para comércio eletrônico:

Nº 2 Mostre seus produtos da melhor maneira possível:

# 3 Seja social:

 

Nº 1 AJUSTE SUAS CONFIGURAÇÕES DE SEO PARA COMÉRCIO ELETRÔNICO:

Existem muitos pequenos detalhes nos bastidores da sua loja virtual de sexyshop ou qualquer outro nicho que são importantes tanto para os robôs dos mecanismos de pesquisa quanto para os compradores reais. Confira e certifique-se de não perder nenhum:

 

URLS LEGÍVEIS

Você estaria disposto a clicar em um link semelhante a uma senha realmente altamente protegida com algumas dezenas de caracteres aleatórios? O mesmo acontece com seus clientes em potencial. Não faça com que eles se sintam inseguros (ou não interessados) em abrir o seu site: verifique os URLs das suas páginas para ver se estão legíveis e contêm palavras-chave. E não se esqueça de localizá-los, se você vende internacionalmente.

 

XML OU HTML SITEMAP

Ter um mapa do site é importante, pois fornece informações sobre as páginas do seu site para os mecanismos de pesquisa: a importância relativa entre si e com que frequência são atualizados. Além disso, é fundamental para proprietários de grandes lojas (mais de 100 itens), pois um mapa também é atualizado automaticamente sempre que os produtos são revisados ​​ou alterados. Isso significa que o proprietário de uma loja se livra do incômodo da atualização da página do manual, o que economiza tempo para outras atividades importantes de SEO e marketing.

 

TÍTULOS OTIMIZADOS E TAGS DE DESCRIÇÃO

Faça uma pesquisa adequada sobre as melhores palavras-chave e certifique-se de que suas tags de título e descrição sejam otimizadas com elas . As palavras-chave nos títulos e nas descrições ajudam os robôs dos mecanismos de pesquisa a entender melhor do que se trata a sua página, portanto, classifique-a em uma posição mais alta. A pesquisa de palavras-chave também ajuda você a ter certeza de que está promovendo exatamente o que as pessoas procuram.

 

NAVEGAÇÃO FÁCIL

Estruture seu catálogo e todo o site da forma mais clara possível. Tente manter seus produtos a apenas alguns cliques de distância na profundidade do site (de preferência 2-3 cliques da página inicial), torne suas categorias amplas e evite usar muitas subcategorias.

 

CARREGAMENTO RÁPIDO

O tempo de carregamento do site também afeta seu SEO. Em primeiro lugar, obviamente, é irritante para os compradores reais, quando as páginas da loja não carregam. Se for esse o caso, você corre o risco de obter altas taxas de rejeição. Além disso, os algoritmos do Google também verificam a velocidade do site, e um site lento pode estar causando problemas para sua classificação. Para acelerar o seu site, remova todos os plug-ins desnecessários, use arquivos CSS externos ou até mesmo considere mudar de provedor de hospedagem. Algumas configurações da loja também podem melhorar o desempenho do seu site.

 

MÓVEL PRIMEIRO

Ter sua loja mobile otimizada não é mais um “bom ter”, é um “must”, visto que 82% dos usuários de smartphone tomam a decisão de compra enquanto navegam na Internet em seus smartphones. Ajustar sua loja para oportunidades móveis significa ter um site responsivo móvel funcionando em qualquer dispositivo conectado, criando anúncios responsivos móveis e garantindo que você tenha informações e produtos visíveis e clicáveis.

 

Nº 2 MOSTRE SEUS PRODUTOS DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL:

Se você quer saber como as informações do produto em seu site podem melhorar suas classificações de SEO, verifique as ideias abaixo:

 

DESCRIÇÕES EXCLUSIVAS DE PRODUTOS

Os mecanismos de pesquisa não gostam de conteúdo duplicado, portanto, recomendamos evitar o uso de descrições de produtos absolutamente idênticas repetidas vezes. A mesma regra se aplica à cópia das descrições dos produtos do fabricante. Poucas frases originais escritas por você, em vez disso, compensariam facilmente o tempo gasto.

 

IMAGENS OTIMIZADAS PARA PESQUISA

Certifique-se de colocar tags alt nas imagens. Pode não parecer necessário, no entanto, para os bots de mecanismos de pesquisa, as imagens marcadas são um sinal importante de que todas as partes do seu site são importantes. Nesse caso, suas imagens, e consequentemente todo o site, ganham mais peso ao serem analisadas.

 

COMPARAÇÃO DE PRODUTO

Adicionar uma opção de comparação de produtos à sua loja não apenas ajudaria seus clientes a tomarem uma decisão mais fácil, mas também aumentaria suas classificações devido a muitos links internos gerados.

 

PRODUTOS NA PÁGINA INICIAL DE UMA LOJA

Sem dúvida, sua página inicial afeta enormemente a primeira impressão de seus clientes, mas isso não é tudo. É também um fator significativo para a forma como os mecanismos de pesquisa analisam seu site e fornecem uma classificação de página, portanto, use a primeira página de sua loja para destacar ofertas e negócios especiais.

 

REVISÃO DE PRODUTOS

Quem não gostaria de saber experiências e opiniões de clientes anteriores sobre seus produtos e serviços, na hora de tomar uma decisão de compra? A maioria dos clientes em potencial procura avaliações e, obviamente, as avaliações ajudam a reputação da sua marca. Mas esse não é o único benefício disso. Os mecanismos de pesquisa também gostam de ver a interação, então dê a seus clientes um lugar para discutir seu produto ou serviço e obtenha o melhor dos dois mundos.

 

# 3 SEJA SOCIAL:

Depois que o básico estiver concluído e seu site estiver perfeitamente otimizado, comece a atrair mais visitantes ao se tornar social:

 

ESTRATÉGIA DE MÍDIA SOCIAL

Comunidades em crescimento e conteúdo envolvente em suas páginas nas redes sociais proporcionam mais compartilhamento social, portanto, mais links externos, o que significa mais credibilidade dos mecanismos de busca. Mas escolha seus canais com sabedoria. Por exemplo, os visitantes de lojas online vindos do Pinterest tendem a fazer compras com mais frequência e gastar mais em comparação com os que vêm do Facebook. Ao mesmo tempo, as categorias mais populares nesta plataforma são alimentos e bebidas. Portanto, faça uma pesquisa adequada sobre quais plataformas sociais seriam mais adequadas aos seus produtos e forneceriam mais a você.

 

BLOG E POSTAGEM DE CONVIDADO

As pessoas procuram conselho, inspiração, entretenimento. Mantenha suas necessidades atendidas, envolva-se com seus clientes e desfrute do crescimento do ranking da sua página, graças aos compartilhamentos e visitantes frequentes. Crie seu blog e faça uma postagem de convidado para obter mais visibilidade e backlinks.

Existem muitos especialistas em SEO e consultorias por aí, prometendo a você um aumento nas classificações de pesquisa. Pode valer a pena entrar em contato com eles, no entanto, antes de fazer isso, recomendamos que os proprietários das lojas façam tudo o que for possível por conta própria. Muitas ferramentas de SEO gratuitas estão disponíveis na plataforma de e-commerce prontas para usar, não requerem nenhum investimento, mas podem dar resultados significativos.